Informativos e Dicas

Tratamento de água no meio rural - mecanismo de filtração da água

Tratamento de água no meio rural - mecanismo de filtração da água
O mecanismo mais importante no processo de filtração se dá na superfície da camada de areia, onde se forma uma membrana biológica de consistência gelatinosa, formada por coloides, matéria orgânica, microrganismos mortos, onde se processa uma verdadeira competição vital entre os agentes biológicos, além da participação de fenômenos físico-químicos. Considera-se que o filtro se encontra eficiente ou “maduro”, após um a dois dias de operação, prazo necessário à formação da membrana biológica. Por esse motivo é que a água, ao entrar no filtro lento, precisa ter a sua velocidade quebrada por dispositivos especiais. Esse dispositivo poderá ser construído de PVC ou de latão que fará a distribuição sobre a superfície de areia da água, de maneira uniforme e, consequentemente, permitirá que a membrana biológica formada na superfície do filtro não seja danificada.

- Representação esquemática

Nesse caso, também, a água entra pela parte de cima e sai pela parte de baixo do filtro, por meio de tubulações de PVC rígido de 50 mm 134 de diâmetro. Aqui também existe um sistema de drenagem para fazer lavagem interna, localizado junto ao fundo do filtro, e um ladrão, localizado o mais próximo possível da superfície da água, desde que acima da tubulação de entrada da água, cuja função é direcionar o excesso de água para fora do sistema.

- Manutenção do filtro lento

Como acontece no pré-filtro, o filtro lento de areia também tende a reduzir a sua capacidade de filtração, com o decorrer do tempo. Isso se deve à maior retenção das minúsculas partículas em suspensão, que passaram pelo pré-filtro e se depositaram na superfície da camada de areia. Quando isso acontecer, poderá ser observado o escoamento de certa quantidade de água pelo ladrão. Dessa forma, quando a capacidade de filtração do filtro diminuir, deve-se fazer a sua manutenção, retirando-se as camadas de areia e brita e realizando-se a lavagem de cada material, separadamente. 

- Processo de manutenção e lavagem do filtro lento

Nessas ocasiões, deve-se fechar a válvula de gaveta, instalada na entrada da caixa de areia e abrir o sistema de drenagem do filtro lento, para drenar as impurezas para fora do sistema. Depois de lavar o filtro internamente, as britas e a areia, será necessário compor novamente as camadas do filtro, tomando-se muito cuidado. Para o sistema entrar novamente em funcionamento, bastará fechar o sistema de drenagem e abrir a válvula de gaveta, na entrada da caixa de areia.

- Sistemas de drenagem

A caixa de areia, o pré-filtro e o filtro lento de areia possuem sistemas de drenagem e ladrões de água. Todos esses componentes deverão estar interligados em uma canalização independente. Além disso, como os ladrões do pré-filtro e do filtro de areia serão utilizados para monitorar, de forma indireta, o momento de realizar lavagens desses componentes, é desejável que se torne visível a quantidade de água que venha a escoar 135 em cada ladrão. Para isso, deverá existir uma caixa de alvenaria ou de concreto, ao lado do pré-filtro e do filtro de areia, onde se torna possível visualizar a água que vem de cada ladrão, bem como do sistema de drenagem de cada componente.

- Cloragem da água

Assim que a água passa pelo sistema simplificado de tratamento e é bombeada para o reservatório, ela deverá passar também pelo sistema de cloração, definidos em função do volume de água a ser consumido diariamente.

Por Silvana Teixeira

Informativos e Dicas

Cotação Online
Nenhum item encontrado...